Mês: setembro 2013

“Os Lobos Maus”

                              image

  • Ano de lançamento: 2013
  • País: Israel
  • Língua: Hebraico 
  • Título Original: Mi Mefahed Mezeev Hara (Big Bad Wolves)
  • Diretores: Ahaon Keshales e Navot Papushado
  • Avaliação: A zebra

 Big Bad Wolves é o primeiro filme que eu assisti no Festival do Rio. 

O filme israelense dos diretores Keshales e Papushado não pode ser considerado um thriller policial, mas sim uma proposta de horror movie. A trama segue a história de um pai que teve a filha torturada e assassinada por um pedófilo que vinha cometendo crimes em série na cidade. O detetive responsável pelo caso e o suspeito do crime se reúnem ao pai e formam o trio de protagonistas do filme. 

Com a certeza de que o homem encontrado pela polícia é de fato o responsável pelos crimes, o detetive designado ao caso acaba por agredir o suspeito e transgredir as normas da corporação. Sem conseguir se desapegar do caso, resolve agir por contra própria a fim de condenar o suspeito pelo crime. Mal sabia ele que o pai de uma das meninas assassinadas também tinha intenções de punir o assassino de sua filha. 

Com uma bela trilha sonora e pitadas de humor nas horas certas, o filme cumpre sua missão de entreter o espectador durante pouco menos de duas horas.

O filme concorreu em onze categorias na Israeli Film Academy incluindo melhor diretor, melhor ator (para Tzahi Grad) e melhor roteiro. 

Anúncios